domingo, 28 de dezembro de 2014

NATAL VERDADEIRO











O que significa o natal? Esta festa tinha como objetivo inicial celebrar o nascimento de Cristo, mas, com o passar dos anos e com a sociedade capitalista se consolidando tal sentido foi perdendo lugar para o consumismo. Pois o ato de receber presentes e gastar cada vez mais dinheiro – inclusive aquele que não temos – foi ganhando uma importância sem dimensão.
Todavia, atualmente, apesar do significado que deu origem à festa ainda ser muito importante e o consumismo ainda estar firme e forte, acredito que o real significado do natal é muito maior do que tudo isso, pois este é um período de união, de alegria, de pensar no ano que se passou e desejar um ano melhor, de solidariedade, de evolução, de amor. Tais palavrinhas tão pequeninas são de uma dimensão incrível, mas, infelizmente, são pronunciadas de maneira fútil e, pior, não são praticadas!!! É fácil desejar paz a todos, mas é só aparecer uma pessoa que tem uma ideia diferente da nossa que já saímos discutindo e brigando com ela, é... Falar é fácil, mas será que realmente praticamos o que falamos? Será que nossas ações refletem nossas palavras? Como queremos que o mundo tenha paz se não conseguimos viver dessa forma nem uns com os outros nem com nós mesmos? Essa mudança tem que partir do outro ou de nós? Para pacificar o mundo, comece com seu país, mas este é formado por famílias, então, pacifique primeiro a sua família e, para isso, comece transformando-se!
 
Nós vivemos cobrando certas atitudes dos outros que às vezes, ou, muitas vezes, NÓS não temos, será que isso é justo? Está certo cobrar algo do outro? Não... Não podemos... Devemos fazer a nossa parte e só, independente do outro! Sei o quanto isso é difícil, até porque, costumamos pensar: ah, se ele não fez, por que é que EU devo fazer? Mas esse pensamento é mesquinho, egoísta, pois o que deve reger as nossas ações é a nossa posição perante o outro (de avó, amigo, pai, irmão) e não o que o outro faz ou deixa de fazer! Imagine, se um ficar esperando o outro se transformar e mudar... Nosso mundo não mudaria jamais, pois ninguém quer começar fazendo a sua parte, é muito cômodo ficar dentro da caverna esperando que os outros façam tudo! Por que eu trocaria minha novelinha do globo para questionar sobre o mundo em que vivo? Sobre a minha vida? Nós não estamos vivendo!! Não estamos agindo... Só estamos reagindo aos estímulos exteriores...

Devemos jogar fora o lixo que está em nossa cabeça dizendo que não somos capazes, que não conseguimos, que somos feias, pois é este que nos distancia do que é importante: o aqui, o agora, esse momento, devemos viver cada momento como se fosse o último! Temos que prestar atenção no que estamos vivendo... E é isso o que as pessoas temem, não é necessariamente a morte, mas sim o fato de morrer sem ter vivido! Perdemos tanto tempo prestando atenção em problemas e situações inúteis e acabamos por ignorar o que há de mais belo e importante na vida. Esse “deixa para lá” ou “depois eu faço” não deveria existir, pois nem sempre há o depois! Acreditem, quando realmente queremos algo, nós “arranjamos” tempo, assim como para o facebook ou o whatsapp. Temos que escolher o que é mais importante para nós!

Por qual motivo encontramos nossos familiares apenas em casamentos, funerais ou fim de ano? Por que não fazer isso antes? Precisamos de uma data especial para isso? Vamos valorizar mais o que é importante! O problema das pessoas atualmente é que quando elas não conseguem o que querem, elas sofrem; mas a vida é feita de escolhas, podemos escolher ser a vítima ou o que quisermos ser. É a nossa jornada que nos faz feliz não nosso destino.
Achamos que podemos tratar mal as pessoas mais próximas de nós e justificamos isso dizendo: “ah, ele me conhece, sabe que não fiz por mal”, entretanto, os seres humanos que mais devemos valorizar são justamente esses que mais maltratamos. E tudo isso machuca! Minha mãe diz que nosso coração é como uma folha de papel, depois de amassada, nunca volta a ser lisinha, por isso devemos pensar mil vezes antes de falar ou de desejar algo! Por que machucar ao outro? O que isso nos trás de beneficio?

É muito importante dizer às pessoas o que estamos sentindo, que as amamos, mas por que não o fazemos? Só damos valor aos mortos? Isso machuca? Desperdiça nosso precioso tempo? Se não, porque não falamos? Por que não dizemos às pessoas o quanto elas são importante para nós? Por que não fazer isso enquanto elas ainda estão vivas? Vamos exercitar pronunciar frases bonitas, praticar gestos pequenos, mas de grande valor, como dar uma rosa, um beijo e falar para as pessoas o quanto elas são importantes para nós. É muito gostoso falar ou ouvir isso. Por que não alegramos o dia das pessoas dizendo palavras bonitas ao invés de machucá-las apenas apontando seus defeitos? Por que maridos e mulheres depois de um tempo quase nem se veem mais? Por que não falar para seu amado que o ama? Está certo que ele já sabe, mas não faz mal reforçar, alias, pelo contrario, faz muito bem! Com apenas um gesto de carinho, podemos transformar o dia de vários! Por que ao invés de ficarmos bravos quando uma pessoa está mal humorada, não tentamos alegrá-la, fazendo um gesto de carinho, de respeito, ou apenas tolerando aquele momento dela?
O que eu almejo e peço para o papai Noel e para Deus é muito mais do que palavras vazias desejando saúde, paz e prosperidade! Eu quero viver em um mundo em que não precisemos trancar a porta de nossa casa, por que não existe ladrão, num mundo onde não haja guerras, corrupção, violência, destruição! Onde eu não tenha medo de sair na rua e ser assaltada, estuprada, morta, ou ter um câncer de pele, por que já não existe camada de ozônio! Não quero mais ter a impressão de que o homem destrói tudo o que toca, somos uma centelha divina, podemos e devemos construir abençoar, iluminar e não destruir!!! Não quero mais ser esmagada pela sociedade capitalista, consumista e individualista. Desejo um lugar onde o coletivo prevalece diante do individuo! Onde as relações humanas sejam valorizadas!

Eu sonho, sonho sim, sonho por que sei que é possível e não vou perder meus sonhos, não vou deixar a sociedade esmagá-los como faz com a maioria dos adolescentes! Aliás, por que será que os adolescentes têm sonhos e os adultos apenas medo? Como diz um poema de Raimundo Correia: “No azul da adolescência as asas soltam, fogem... Mas aos pombais as pombas voltam, E eles (os sonhos) aos corações não voltam mais...”, mas os meus voltam sim e vão ficar comigo! Eu sonho com um mundo melhor, sonho em paz, sonho que meus filhos possam desfrutar de um mundo maravilhoso como o nosso e não dele destruído! Sonho que as pessoas respeitem umas as outras e parem de ser tão egoístas. 

Ninguém é perfeito – sendo isto o que nos torna especiais – dessa forma, temos que dar um senso de humor a nossa vida, especialmente sobre nós mesmos, como queremos ser respeitados se não respeitamos? Apesar de não ser fácil, devemos aprender a perdoar (não só a desculpar, pois perdão é algo que vem de dentro), a respeitar, a ceder, por que devemos estar sempre certos? O que isso nos proporciona? Realmente devemos brigar para mostrar que temos razão? Devemos amar, amar e amar... Amar a todos, amar aos nossos inimigos, todos somos irmãos, e se todas as pessoas amassem umas as outras e as respeitassem mesmo com todos os defeitos e diferenças de cor, raça ou culto, não haveria guerra no mundo! Como Mandela disse “ninguém nasce odiando outra pessoa por sua cor, raça ou culto. Se as pessoas podem aprender a odiar, elas podem ser ensinadas amar que vem mais naturalmente do coração humano do que seu oposto”. Também devemos aprender a agradecer, até mesmo a certas ações que aparentemente só nos fizeram mal, pois são elas que nos fazem crescer!

Eu quero e desejo para esse ano de 2015 que as pessoas amem e amem, amem muito e respeitem, tolerem, perdoem, cedam, e digam umas para as outras o quanto elas são importante! É isso que estou tentando praticar, pois não adianta apenas pedir, eu também devo me transformar!


Por Sarah Masetto Rodrigues

                                                         Com Respeito                                               
Jeane Godoy - (19) 9-9769-6175
Maria Clara Melotto – (19)9-9751-6760
www.tempo-de-cura.negociol.com
                                                                
" A Pressão das Mãos Faz Correr As Fontes Da Vida!"
Psicoterapias
Trance Therapist
Integral Therapist
Meditação Orientada
Estudos da Consciência
Bioenergética
Florais
Auriculoterapia, Moxabustão, Cone Hindu, Magnetoterapia.
Espaço Tempo De Cura

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

                Receita de conserva de gengibre 
O gengibre é fonte das vitaminas C, B3 e B6, além dos minerais cálcio, ferro, selênio e zinco.
Ele é muito bom no tratamento de diversos distúrbios de saúde, como náuseas, dores de cabeça, gripes, resfriados, diarreias, dores de estômago e de doenças reumáticas, especialmente osteoartrose e artrite reumatoide.
Além disso, tem ação bactericida, anti-inflamatória e termogênica.
A atividade termogênica do gengibre (ou seja, ele acelera o metabolismo) faz com que essa raiz seja uma importante aliada de quem busca um emagrecimento saudável.
Ele sacia a fome e queima gordura localizada.
E, por isso, é perfeito para a desintoxicação do organismo.
O gengibre ainda apresenta propriedades terapêuticas sobre o sistema digestivo, pois estimula a liberação de enzimas que promovem o esvaziamento do estômago.
E pesquisas já comprovaram o potencial dessa raiz para baixar o nível do colesterol.
Todas essas virtudes do gengibre podem ser aproveitadas de uma forma bem saborosa: consumindo a conserva de g
engibre.
Esta receita é muito fácil de fazer.
Anote:
CONSERVA DE GENGIBRE

Ingredientes
:
1/2 kg de gengibre sem casca
1 xícara de vinagre de arroz (se não tiver, pode substituir pelo de maçã)
3 colheres (sopa) de sal
1/2 xícara de açúcar mascavo

Modo de preparo

Corte o gengibre em fatias bem finas.
Ponha as fatias numa panela com água e cozinhe até que levante fervura.
Escorra a água e deixe esfriar.
Em outra panela coloque o vinagre, sal e açúcar e leve ao fogo até ferver.
Desligue e espere esfriar.
Quando tudo estiver frio, misture o gengibre com o líquido formado pelo vinagre, sal e açúcar.
Uma dica importante: o gengibre deve ficar totalmente imerso no vinagre.
Tampe e deixe curtir em temperatura ambiente por dois dias.
Depois, deve ser conservado em geladeira.
Validade: cerca de 6 meses.

Se a conserva for preparada com gengibre fresco, ficará mais saborosa.
Use-a em saladas, no arroz, como aperitivo ou como a imaginação mandar.
No entanto, depois de pronta, a conserva não pode ser cozida.

Fonte: www.curapelanatureza.com.br
Gratidão,

  1. Maria Clara Melotto  

&
Jeane Godoy



quinta-feira, 20 de novembro de 2014

A Arte de Não Adoecer

A ARTE DE NÃO ADOECER
Se não quiser adoecer - "Fale de seus sentimentos"
Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até em câncer. Então vamos desabafar, confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados. O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia.
Se não quiser adoecer - "Tome decisão"
A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.
Se não quiser adoecer - "Busque soluções"
Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.
Se não quiser adoecer - "Não viva de aparências"
Quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas de peso... uma estátua de bronze, mas com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.
Se não quiser adoecer - "Aceite-se"
A rejeição de si próprio, a ausência de autoestima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.
Se não quiser adoecer - "Confie"

Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus. Se não quiser adoecer - "Não viva sempre triste"  ... O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive.
"O bom humor nos salva das mãos do doutor". Alegria é Saúde e Terapia.
Com Respeito

Jeane Godoy - (19) 9-9769-6175
Maria Clara Melotto – (19)9-9751-6760
www.tempo-de-cura.negociol.com
                                                                
" A Pressão das Mãos Faz Correr As Fontes Da Vida!"
Psicoterapias
Trance Therapist
Integral Therapist
Meditação Orientada
Estudos da Consciência
Bioenergética
Florais
Auriculoterapia, Moxabustão, Cone Hindu, Magnetoterapia.


Espaço Tempo De Cura

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

CAPTAÇÃO PSÍQUICA

Regina Ribeiro
Terapeuta de Captação Psíquica e Práticas energéticas integradas para a expansão do ser.




A captação psíquica tem como principal objetivo tratar de traumas, bloqueios e assuntos inacabados do nosso passado: Do momento que acabou de passar e até a vida intra-uterina ou além dela, como em vidas passadas, que ficaram enraizadas e esquecidas no inconsciente e muitas vezes entrelaçados ao psiquismo. 
Com esta técnica podemos detectar sub personalidades e personalidades múltiplas. 
Sendo Sub personalidade aquilo que criamos nesta vida. 
Personalidade múltiplas porções de vidas passadas. 
Esta terapia não está relacionada a nenhuma religião. 

Quando fazer? 

  


Quando percebemos que estamos sendo afetados por traumas de nosso passado, lembrando que o passado pode ser desta existência. Trazendo prejuízo para a saúde, no trabalho, na convivência familiar, em relacionamentos, enfim na vida em todos os setores. 

Quem pode utilizar a técnica? 



Qualquer pessoa indiferente da idade! 
Sendo que se forem crianças ou adolescentes estes serão trabalhados através dos pais pois são autoridade sobre os menores. 
Este trabalho também é feito a distancia ou presencial, pode-se tratar pessoas de outros estados ou Países. 
A única restrição a fazer perante a captação psíquica e que não se pode realizar o trabalho sem o consentimento do mesmo. Não e um trabalho de adivinhação e sim terapêutico. 

Como funciona? 



A captação psíquica é feita através de dois terapeutas sendo um esclarecedor e um captador os quais juntos farão a leitura vibracional do individuo (Cliente). 
Este trabalho tem duração de aproximadamente 2hs. 
É feito uma anamnese para detectar o trauma ou definir o problema existente, esta técnica pode ser feita pessoalmente ou a distancia por Skype. 
Após o trabalho de captação psíquica realizado, marcamos uma sessão para fazermos o alinhamento energético e consciêncial. 

Se você se interessou em conhecer mais ou quer realizar o trabalho ligue para (011)99492-2244 ou entre em contato comigo através do e-mail:. reginacromoterapia@terra.com.br 


Com Respeito

Jeane Godoy - (19) 9-9769-6175
Maria Clara Melotto – (19)9-9751-6760
www.tempo-de-cura.negociol.com
                                                                
" A Pressão das Mãos Faz Correr As Fontes Da Vida!"
Psicoterapias
Trance Therapist
Integral Therapist
Meditação Orientada
Estudos da Consciência
Bioenergética
Florais
Auriculoterapia, Moxabustão, Cone Hindu, Magnetoterapia.

Espaço Tempo De Cura




terça-feira, 21 de outubro de 2014

ESPAÇO TEMPO DE CURA

MOXABUSTÃO
O efeito da moxa é semelhante á acupuntura, que age estimulando os pontos para fortalecer a circulação do Qi (energia) e do sangue, sendo que a moxa estimula com o calor.



No capítulo 75 do Ling Shu está escrito “quando o sangue nos vasos torna-se estagnante ou fica bloqueado, deve ser tratado somente pelo fogo
O calor da moxabustão é extremamente penetrante, tornando-se eficaz quando há menos circulação, condições frias e húmidas, além da deficiência do Yang. Quando aplicada aos pontos específicos, o corpo absorve o calor recuperando mais rapidamente a energia.
 É recomendado seu uso nos seguintes casos:

·         Dores musculares
·         Relaxamento físico e mental
·         Estresse
·         Ansiedade
·         Depressão
·         Constipação
·         Insônia
·         Diarreia
·         Dores nos joelhos
·         Asma
·         Problemas digestivos
·         Dores nas costas
·         Resfriado
·         Sinusite
·         Problemas menstruais

Entre em contato conosco:
Maria Clara Melotto & Jeane Godoy – Terapêutas Holísticas – F: 997516760 – 997696175

Rua Dom Pedro I, 1729 – sala 4

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Gatilho da Memória


Gatilho da memória é um fenômeno que desencadea as primeiras reações nas relações sociais, lembrando que não teríamos determinadas reações instantâneas de agressividade e impulsividade se pudéssemos controlá-las.
Gatilho da memória é o grande responsável por detonar o desejo cumpulsivo de qualquer ordem.


Uma pessoa portadora de síndrome do pânico, por exemplo, também é vítima do gatilho da memória. Ela pode estar tranquila em grande parte do seu tempo, mas , de repente, por diversos mecanismos, o gatilho é detonado, gerando uma reação fóbica intensa, um medo súbito de morte ou outras razões. A síndrome do pânico é o teatro da morte. É totalmente possível resolve-la, mas as reações geradas por ela são muito angustiante.


Aprender a reescrevera história e a gerenciar a tensão produzida pelo gatilho da memória é o grande desafio terapêutico na resolução do cárcere emocional e dos demais transtornos ansiosos como a síndrome do pânico e as obsessões.
O fenômeno da autochecagem detona esses gatilhos. Toda vez que vemos um objeto ou uma palavra nos os identificamos automaticamente graças ao gatilho psíquico. Ele conduz o estimulo visual até o córtex cerebral e o auto checa nos arquivos da memória.


A angustia e a indignação inicial quando alguém nos ofende ou nos rejeita não foram programadas pelo EU, mas foram geradas pelo gatilho da memória.
Por isso a necessidade de constantemente estarmos checando nossas emoções e sentimentos e os colocando em seus devidos lugares com entendimento e desapego para que assim o gatilho da memória possa desencadear sensações e reações positivas e benéficas.

Com Respeito
Jeane Godoy - (19) 9-9769-6175
Maria Clara Melotto – (19)9-9751-6760
                                                               
" A Pressão das Mãos Faz Correr As Fontes Da Vida!"
Psicoterapias
Trance Therapist
Integral Therapist
Meditação Orientada
Estudos da Consciência
Bioenergética
Florais
Auriculoterapia, Moxabustão, Cone Hindu, Magnetoterapia.
www.tempo-de-cura.negociol.com
Espaço Tempo De Cura